Retalhos

"Posso não concordar com uma só palavra que disseres, mas defendo até a morte o teu direito de dizê-las". Voltaire.

quarta-feira, fevereiro 25, 2009

Espécie de Vampiro

Como dizia um amigo meu, já houve tempos em que tinha quase tudo não tendo quase. Não sou grande fã do Carnaval, não tenho aquele espírito de andar mascarado a meter-me com as pessoas. Há quem diga que no Carnaval ninguém leva a mal e por um dia podemos ser outra coisa qualquer, uma espécie de dia das mentiras mas com uma máscara. Desde já peço desculpa se o título não agradar, basicamente é uma música de Jorge Palma, mas a alguém vai fazer lembrar alguma coisa. Basicamente o que eu quero dizer é que na vida nunca se deveria cometer duas ou mais vezes o mesmo erro, temos bastante por onde escolher, porque errar sempre no mesmo sítio? Um homem que nunca muda de opinião/atitude em vez de demonstrar a qualidade das suas escolhas mostra a pouca qualidade do seu cérebro. Sei que também é possível dizer que o único modo de evitar erros é adquirindo experiência, mas a única maneira de adquirir experiência é cometendo erros. Estou contigo nas tuas escolhas, estarei sempre do teu lado, estejas bem estejas mal, não serei a voz da sabedoria mas serei o primeiro a estender a mão.

A primeira e pior de todas as fraudes é enganar-se a si mesmo, depois disso todo o pecado é fácil.

(Bailey)

2 Comments:

Anonymous You know who... said...

O teu amigo também diz isto: "Que a dependência é uma besta que dá cabo do desejo...E a liberdade é uma maluca que sabe quanto vale um beijo..."

Gosto-te**

2:43 da tarde  
Anonymous You know who... said...

Ainda Há Estrelas No Teu Olhar (II) - Jorge Palma

Possas tu sempre ser
Um Homem Novo, sem preconceitos,
Possas saber amar,
Ver no espelho os teus próprios defeitos.

Possas tu ter os ombros fortes
Para aguentar o peso da liberdade
E o coração de leão
Para não teres medo de encarar a verdade.

Deixa-as viver, meu irmão...
Fá-las brilhar, meu irmão...
Ainda há estrelas no teu olhar...

2:46 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home